Author Archives: Francisco

Saint Laurent SS16 no meio da controvérsia

Hedi Slimani a frente da Saint Laurent con­ti­nua a cap­tar a aten­ção do público da moda. A sua colec­ção SS16 apre­sen­tada recen­te­mente em Paris, mer­gu­lha mais uma vez no uni­verso do Rock tra­zendo desta vez Kurt Cobain e o filme que Gus Van Sant lhe dedi­cou, como refe­rên­cia. Apesar da grande recep­ti­vi­dade junto de alguns meios, as vozes que o cri­ti­cam come­çam a ser sig­ni­fi­ca­ti­vas. Para além de a refe­ri­rem que é dema­si­ado comer­cial acres­cen­tam que é uma colec­ção pre­gui­çosa, espe­ci­al­mente quando com­pa­rada com outros pro­du­zi­das esta esta­ção por cri­a­do­res que podem estar em uni­ver­sos simi­la­res, como por exem­plo Raf Simons ou Riccardo Tisci. A ti o jul­ga­mento final :)

 

 

London Collection: men — destaques

Passada duas  sema­nas da apre­sen­ta­ção das colec­ções mas­cu­li­nas em Londres faze­mos um resumo dos cri­a­do­res que con­ti­nu­a­mos a seguir. Londres con­ti­nua a trans­mi­tir uma onda de ener­gia, as influ­en­cias da rua e da cena dos clubs con­ti­nua a influ­en­ciar alguns dos mais impor­tan­tes cri­a­do­res em Londres

Alexander McQueen

Christopher Kane

 

Etautz

Lou Dalton

Casely Halford

Xander Zhou

J W Anderson

Christopher Shannon

KTZ

Kit Neale

Kit-​​Neale

Katye Eary

Hero Fit — Nova campanha de roupa interior masculina da Diesel

Diesel apre­senta a sua cam­pa­nha Hero Fit, base­ada na sua linha de roupa inte­rior mas­cu­lina e propõe-​​te que tam­bém tu sejas um dos pro­ta­go­nis­tas. Ou seja a par­tir das ima­gens ousa­das que rea­li­zam espe­ram que os fãs e con­su­mi­do­res desta roupa inte­rior sejam incen­ti­va­dos a publi­car as suas pró­prias sel­fies Hero Fit acom­pa­nha­das com a hash­tag #DieselHero.
Unindo tecido natu­ral com conhe­ci­mento téc­nico, o Hero Fit apre­senta um duo de esti­los de roupa inte­rior para homem icó­ni­cos desen­vol­vi­dos para extremo con­forto e sua­vi­dade pura, uns boxer brief e umas cue­cas clás­si­cas. Fibra Modal de algo­dão res­pi­rá­vel, macia e con­for­tá­vel na pele, trans­for­mada em for­mas que defi­nem o corpo e valo­ri­zam o torso. Esta nova cons­tru­ção de defi­ni­ção de con­torno dá forma e aumenta na parte da frente e eleva e define na parte de trás.Diesel Hero Fit é lan­çado com uma cam­pa­nha de Selfies em mea­dos de junho pre­pa­rada para implo­dir nos canais digi­tais e social media da Diesel. Manequins a usar Hero Fit fotografam-​​se em roupa inte­rior in situ, de forma ines­pe­rada. As foto­gra­fias pro­vo­can­tes cana­li­zam o espí­rito arro­jado, enér­gico e icó­nico da Diesel.“Queríamos fazer algo sexy e cru. A cam­pa­nha Hero Fit leva a men­sa­gem da marca para os social media de uma forma cool e ori­gi­nal.”, comenta Nicola Formichetti.

Hero Fit terá um espaço de des­ta­que na influ­ente Selfridges, em Londres. Durante o mês de agosto, cai­xas de luz espe­ci­al­mente dedi­ca­das ao tema na flagship de Oxford Street vão mos­trar a linha.

Hero-Fit_diesel_fy1

Hero-Fit_diesel_fy2

Hero-Fit_diesel_fy3

Hero-Fit_diesel_fy4

Hero-Fit_diesel_fy5

Hero-Fit_diesel_fy6

Diesel’s Hero Fit debuts with a sel­fie cam­paign set to implode Diesel’s digi­tal chan­nels and social media. Models wea­ring the Hero Fit cap­ture them­sel­ves in situ, in unex­pec­ted, skin-​​bearing shots. The pro­vo­ca­tive por­traits chan­nel Diesel’s ico­nic bold and ener­ge­tic spi­rit. Customers are encou­ra­ged to post their own Hero Fit sel­fies with the dedi­ca­ted hash­tag #DieselHero.

Hero-Fit_diesel_fy7

Hero-Fit_diesel_fy8

Hero-Fit_diesel_fy9

Hero-Fit_diesel_fy10

Hero-Fit_diesel_fy12

Hero-Fit_diesel_fy13

 

Diesel Black Gold SS2016

A Diesel apre­sen­tou a sua colec­ção da linha mas­cu­lina Black Gold, Primavera/​Verão 2016   na recente Milan Fashion Week . O dire­tor cri­a­tivo Andreas Melbostad tra­ba­lhou a ins­pi­ra­ção de um safari aven­tu­reiro recolocando-​​o num cená­rio indus­trial e metro­po­li­tano. A paleta de cores frias, vari­ando do branco giz e cinza pálido ao preto e azul, realça a ati­tude aguçada.

Novos volu­mes são intro­du­zi­dos no outerwear. Casacos de sobre­vi­vên­cia, bom­bers e par­kas com bol­sos, abas e ajus­tá­veis, são cor­ta­dos com um fit over­si­zed. Estes con­tras­tam com as silhu­e­tas skinny de cal­ças denim, com um corte extra longo para um efeito com­pri­mido. Que tam­bém sur­gem em ver­sões tex­tu­ri­za­das com remen­dos hori­zon­tais cos­tu­ra­dos no com­pri­mento da perna ou com reves­ti­men­tos para um efeito seme­lhante a vinil brilhante.

As cama­das são o core da cole­ção. Coletes uti­li­tá­rios alon­ga­dos, assim como icó­ni­cos biker jac­kets de cabe­dal ador­na­dos com ilho­ses com cor­dões, são usa­dos em cima de swe­atshirts rema­ta­das com deta­lhes lis­tra­dos e as novas cami­sas da esta­ção – em pope­lina longa com fechos, golas em funil e man­gas compridas.

Ode ao viajante moderno : COS X Mr Porter

A COS criou uma cole­ção cáp­sula para a pla­ta­forma de ven­das online Mr Porter, a pen­sar no via­jante moderno. Em entre­vista à PARQ, Martin Andersson, res­pon­sá­vel pela equipa de design da COS, refere que, é antes de tudo, uma cole­ção que segue o prin­cí­pio da intem­po­ra­li­dade  defen­dido pela COS, mas que sofreu ajus­tes para que pudesse res­pon­der melhor a ques­tões da aco­mo­da­ção na baga­gem, assim como à ver­sa­ti­li­dade das fun­ções pelas quais cada peça terá que res­pon­der face a vários even­tos que ocor­rem em via­gem. A cole­ção estará a venda em exclu­sivo  na loja online da MrPorter e da COS a par­tir de 7 de Maio.

Porquê uma cole­ção cáp­sula COS para Mr Porter?

Porque par­ti­lha­mos valo­res de marca simi­la­res, sen­ti­mos que Mr Porter é pio­neira na sua área de espe­ci­a­li­za­ção, por­tanto, quando che­gou a pro­posta de uma poten­cial cola­bo­ra­ção, ficá­mos de ime­di­ato aber­tos à ideia e pron­tos para ini­ciar conversações.

 

Porquê uma cola­bo­ra­ção com uma pla­ta­forma online?

Antes de mais, é um par­ceiro com o qual nos sen­ti­mos ali­nha­dos e com quem par­ti­lha­mos o mesmo ethos. O que apre­ci­a­mos na Mr Porter é a capa­ci­dade de ofe­re­cer um guarda-​​roupa mas­cu­lino con­tem­po­râ­neo e ao mesmo tempo intem­po­ral, qua­li­da­des que impri­mi­mos igual­mente no nosso design. Mr Porter deu-​​nos a opor­tu­ni­dade de che­gar a um con­su­mi­dor glo­bal, permite-​​nos estar em luga­res onde não temos lojas.

A cole­ção intitula-​​se The Modern Traveller. A que tipo de homem se dirigem?

Quando está­va­mos a dese­nhar esta cole­ção, a equipa que­ria rein­ven­tar algu­mas peças intem­po­rais para o via­jante moderno. Concentrámo-​​nos na filo­so­fia do nosso design e fize­mos alguns acer­tos sub­tis em ter­mos de corte e deta­lhes fun­ci­o­nais, a pen­sar num cole­ção diri­gida ao con­su­mi­dor de Mr Porter.

 

O que é que esta colec­ção traz de dife­rente para os fãs da COS?

Quando come­ça­mos a tra­ba­lhar para uma esta­ção, come­ça­mos por olhar para os temas glo­bais da cole­ção que podem sur­gir na sequên­cia das via­gens que faze­mos ou das visi­tas a expo­si­ções que nos levam a uma pes­quisa con­tí­nua no uni­verso de arte e de design à pro­cura de ins­pi­ra­ção. Quando temos defi­nida a nossa ins­pi­ra­ção, orga­ni­za­mos essa maté­ria em ter­mos das ten­dên­cias e come­ça­mos a defi­nir o design de cada peça, o que inclui teci­dos, cores e cor­tes. Para a cole­ção de Mr Porter, está­va­mos ins­pi­ra­dos pela ideia do via­jante con­tem­po­râ­neo e que­ría­mos criar uma cole­ção que rein­ter­pre­tasse uma fun­ção para todas as oca­siões. Por exem­plo, uma cole­ção em que um fato tanto pode ser­vir para uma reu­nião de negó­cios em Nova Iorque, como para a inau­gu­ra­ção de expo­si­ção à noite e o casaco pode acom­pa­nhar umas ber­mu­das num almoço infor­mal de fim de semana.

Então como defi­ni­ria esta coleção?

É uma cole­ção desen­vol­vida para um homem moderno que viaja tanto por ques­tões de negó­cios, como de lazer. A cole­ção é cons­ti­tuída por 23 peças essen­ci­ais e dese­nhada a pen­sar na sua fun­ci­o­na­li­dade e versatilidade

 

Há alguma peça em par­ti­cu­lar que seja favo­rita e em que situ­a­ção se ima­gina a usá-​​la?

Nós fize­mos uma estam­pa­gem juve­nil que resurge em várias peças desta cole­ção cáp­sula. A minha peça favo­rita é uma camisa de manga curta com essa estam­pa­gem em tons cor de vinho. É feita de um algo­dão muito leve, fácil de dobrar, e pode ser usado tanto de dia como de noite.

Esta foi a vossa pri­meira cola­bo­ra­ção? Tem outras em mente?

Foi a pri­meira com uma pla­ta­foma de comér­cio online, mas é muito fre­quente desen­vol­ver­mos cola­bo­ra­ções com artis­tas e desig­ners. Ainda recen­te­mente desen­vol­ve­mos uma cola­bo­ra­ção com a Smarkitecture durante o Salone del Mobile em Milão.