DSC_0144

4 dias 4 bloggers x Damara Inglês

Dona de um estilo próprio, a Damara Inglês, marca uma forte presença na semana da moda de Lisboa. Natural de Angola, com 19 anos, é a autora do blog Fashion Masturbation( http://fashionmasturbation.blogspot.com/ ) e posou para a nossa camera com ousadia e à vontade.

Então gostaste da ModaLisboa?
Sim, eu gosto sempre da Moda Lisboa… Já vou há anos e vou continuar a ir enquanto tiver oportunidade. É parte, do pouco que temos em termos de moda nacional por isso adoro estar presente e absorver o trabalho dos designers e de viver o ambiente em geral. Costumo dizer que a fashion week é como uma selva em que nós, fashion animals, podemos ser livres a vestir e a existir.

Há quanto tempo tens o blog?
Tenho o blog à 6 meses.

O que te liga ao universo da moda?
Além da minha paixão entusiasta por esta área, sou estudante de design de moda.

O que mais te motiva a ter um Fashion Blog?

gosto de mostrar a minha visão e perspectiva da moda. Tento expressar que moda é muito mais do que roupa. Moda (estilo) é um resumo de tudo  o que absorvemos expressado a um nível visual. Todos os dias expomo-nos na rua e às vezes sem nos apercebermos, somos uma tela onde se pode ler gostos musicais, pintura, cinema,etc

Planeias meticulosamente o que vestes, antes de sair de casa, ou é algo que te sai naturalmente?
Um bocadinho dos dois…Para a ModaLisboa começo a preparar os outfits com alguma antecedencia, mas à ultima da hora acabo por alterar tudo, sendo assim, acaba por sair naturalmente.

O que foi, para ti, mais IN, neste dia da ModaLisboa?
Mais in – Desfile do Ricardo Dourado e da Maria Gambina. O tema freedom que é tudo de que precisamos na moda em Portugal.

E o mais OUT?
Talvez o boicote à moda Lisboa em geral. Blogs e comentários ofensivos em relação a alguns outfits. Algumas pessoas exageram a tentar expressar a sua visão Não digo que não comente e que às vezes, quando tenho confiança com a pessoa, chamo a atenção porque gostaria que me fizessem o mesmo… Mas colocar uma fotografia, expor a pessoa, só pelo simples prazer de criticar em praça publica é um bocadinho demais. Isso só faz com que as pessoas limitem a sua liberdade de maneira negativa.

texto e fotografia Maria Meyer

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment