portugal-pedro-gomes06

Pedro Gomes, prémio Faces of Design 2012

Pedro Gomes ganhou o prémio “Faces of Design 2012”. O jovem de 27 anos admitiu o valor da distinção que lhe possibilitou “uma projecção mais credível e uma posição mais sólida no mercado”, assegurou o jovem designer.

 

Tomou conhecimento do prémio há 2 anos, mas só em 2011 decidiu concorrer. Pedro Gomes viu no “Faces of Design Award” uma ferramenta de destaque num mercado que o próprio diz ser “bastante competitivo”. Para além disso, o formato do prémio que destaca designers com base no seu portfólio e não num produto só, foi “um factor muito importante”, garantiu Pedro.

O prémio materializa-se numa publicação que inclui o perfil profissional de cada vencedor que será distribuída a mais de 1500 decisores na área do Design. Juntamente com o Prémio “Faces of Design 2012”, Pedro foi distinguido com uma menção adicional pelo seu portfólio. “Foi uma grande surpresa e um começo de 2012 em grande!”, confessou o jovem designer.

Pedro reconhece que o Prémio é muito importante para “obter novos clientes e oportunidades”. Contudo, a diversidade de projectos de vários designers que morrem por falta de investimento, leva Pedro Gomes a sublinhar que “há ainda muito a desenvolver na área do design em Portugal”.

Num cenário de risco financeiro, Pedro garante que a crise é algo bastante positivo. “Vejo-a como um motor de inovação. Os ajustes obrigam a repensar, a criar novas estruturas e a pensar em novas estratégias”, afirmou Pedro Gomes que acrescentou que, embora esteja em Portugal há menos de 6 meses, o seu número de clientes já cresceu em “300%”.

O jovem encontra-se neste momento em fase de desenvolvimento da BOUNCE CHAIR, cadeira desenhada pelo próprio. Para além disso, mantém a aposta no mercado nacional e está a desenvolver parcerias com empresas nacionais na criação de novas estratégias de mercado e desenvolvimento de produtos da área de iluminação, mobiliário e electrónica.

Texto de Marta Ferreira

http://facesofdesign.com/

http://www.pedrogomesdesign.com/

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment