Finalmente Lana del Rey no Super Bock Super Rock

O momento pelo qual a vasta mai­o­ria pre­sente no Super Bock Super Rock ansi­ava: a estreia em Portugal de Lana Del Rey. O con­certo não che­gou a uma hora de dura­ção, mas de sali­en­tar que o per­curso de Elisabeth Grant (o seu nome ver­da­deiro) conta ape­nas com um álbum de ori­gi­nais edi­tado até hoje, Born To Die. Meses depois da con­tro­versa atu­a­ção no Saturday Night Live, que mos­trou uma voz pouco segura e algum ner­vo­sismo, esta noite Lana Del Rey revelou-​​se bem mais con­fi­ante na sua pos­tura em palco.

Tudo na can­tora é uma cele­bra­ção do gla­mour, desde a pose tea­tral até à pausa para acen­der o cigarro antes de inter­pre­tar uma das suas can­ções mais conhe­ci­das: Born To Die, que dá título ao disco. Em palco estava acom­pa­nhada por um quar­teto de cor­das (três vio­li­nis­tas e uma vio­lon­ce­lista), um pia­nista e um gui­tar­rista, que jun­tos cri­a­vam as melo­dias pop bar­ro­cas e poli­das, a que depois Lana dava voz no seu estilo inti­mista mas que se soube adap­tar às vicis­si­tu­des de um espe­tá­culo num fes­ti­val ao ar livre. Se por um lado a pos­tura de Lana Del Rey se carac­te­riza pela tea­tra­li­dade e pelo charme insi­nu­ante, esta não dei­xou de que­rer esta­be­le­cer uma cum­pli­ci­dade com os seus fãs. Ou seja, a can­tora tanto tem de recente diva pop como não se coíbe de des­cer do palco, espa­lhar bei­jos e abra­ços pelos fãs que desde que o recinto abriu guar­da­vam com con­vic­ção o seu lugar na fila da frente. Atrás de si des­fi­la­vam no ecrã uma série de ima­gens que figu­ra­ram nos tele­dis­cos de Blue Jeans (tema de aber­tura) ou Video Games (um dos raros momen­tos em todo o fes­ti­val em que pla­teia can­tou com con­vic­ção). O final che­gou com o novo sin­gle National Anthem e veio reve­lar que Lana Del Rey tem um poten­cial muito maior do que aquele que à pri­meira vista prometia.

texto João Moço  http://www.dn.pt/blogs/festivaisdeverao/archive/2012/07/07/a-celebra-231–227-o-do-glamour-com-lana-del-rey.aspx

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Últimas Notícias