Moda Lisboa : 4 dias 4 designers (Filipe Faísca)

Filipe Faísca fechou o pri­meiro dia da Moda Lisboa. Foi uma colec­ção muito posi­tiva cheia de cores for­tes como o ver­me­lho ama­relo azu­lão. Apareceram ris­cas lar­gas, trans­pa­rên­cias e assi­me­trias banha­das por uma banda sonora ao género de 007 — Missão Impossível.  Segundo as pala­vras do cri­a­dor esta foi uma colec­ção sobre o “limite dos dias de hoje, vivido por uma soci­e­dade sem­pre em cor­re­ria. A capa­ci­dade de trans­por­tar um con­ceito tão abs­tracto e quase pes­soal, numa colec­ção em que as for­mas se con­ju­gam entre limi­tes. Texturas con­tras­ta­das, onde se demar­cam limi­tes. Opaco ver­sus trans­pa­rente. Liso ver­sus estam­pado”. Filipe Faísca tra­du­ziu um con­ceito tão pro­fundo e pes­soal, como os limi­tes de cada um, numa colec­ção sur­pre­en­dente, e capaz de trans­mi­tir o limite em que pode ser vivida a vida.

texto e foto­gra­fia de Maria Meyer

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Últimas Notícias