F1000011

Amarionette x do it yourself

Duas guitarras, uma bateria, um baixo e uma voz feminina. Miguel Loureiro, João Galrito, Joana Vieira e João Ortega, cada um abraçado ao seu instrumento, compõem os Amarionette, nome escolhido a partir do conceito das marionetas, escrito de uma forma “afrancesada”. Tudo começou em 2007, com uma “jam” descontraída entre amigos. Depois, surgiu a questão: “Quando criamos a nossa banda?”. Os Amarionette são uma salada de sonoridades, entre o post-rock, o alternativo e o rock psicadélico – mas, sempre com um toque melancólico que as mistura. Cada um destes quatro jovens traz gostos e influências diferentes para a sala de ensaio. Agarram os instrumentos, improvisam, experimentam e deixam as canções fluírem. Esta é a fórmula perfeita que originou “Num dia mau consegue ver-se para sempre”, o álbum de estreia desta banda “do it yourself”.

As letras escritas sobre as angústias de “teenagers” mal enquadrados na sociedade colocaram-nos entre os Novos Talentos Fnac 2012 – uma rampa de lançamento que levou o álbum de estreia a ser editado pela Raging Planet, a par com uma tour em nome próprio pelas lojas Fnac de todo o país. A experiência de pisar o palco e convidar novos ouvintes a entrar no universo sonoro dos Amarionette, faz as delícias desta banda que prefere a liberdade à exposição comercial. Os Amarionette gostam de se deixar andar nas bocas e ouvidos de quem “tropeça” neles nas redes sociais ou num qualquer concerto por este país fora. Houve mesmo quem descreve-se a sua performance em palco como “os melhores três quartos de hora” da sua vida.
Mas, afinal, o que é que se consegue ver para sempre num dia mau? O título do álbum partiu de um filme de Woody Allen e ganhou um significado próprio com os Amarionette. A banda explica que a vida é um ciclo de repetições com as quais estamos constantemente a aprender, por isso, “num dia mau conseguimos ver o que podemos fazer para o resto da nossa vida ser melhor”. O álbum dá uma ajuda.

Texto de Joana Teixeira

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment