Amarionette x do it yourself

Duas gui­tar­ras, uma bate­ria, um baixo e uma voz femi­nina. Miguel Loureiro, João Galrito, Joana Vieira e João Ortega, cada um abra­çado ao seu ins­tru­mento, com­põem os Amarionette, nome esco­lhido a par­tir do con­ceito das mari­o­ne­tas, escrito de uma forma “afran­ce­sada”. Tudo come­çou em 2007, com uma “jam” des­con­traída entre ami­gos. Depois, sur­giu a ques­tão: “Quando cri­a­mos a nossa banda?”. Os Amarionette são uma salada de sono­ri­da­des, entre o post-​​rock, o alter­na­tivo e o rock psi­ca­dé­lico – mas, sem­pre com um toque melan­có­lico que as mis­tura. Cada um des­tes qua­tro jovens traz gos­tos e influên­cias dife­ren­tes para a sala de ensaio. Agarram os ins­tru­men­tos, impro­vi­sam, expe­ri­men­tam e dei­xam as can­ções fluí­rem. Esta é a fór­mula per­feita que ori­gi­nou “Num dia mau con­se­gue ver-​​se para sem­pre”, o álbum de estreia desta banda “do it yourself”.

As letras escri­tas sobre as angús­tias de “tee­na­gers” mal enqua­dra­dos na soci­e­dade colocaram-​​nos entre os Novos Talentos Fnac 2012 – uma rampa de lan­ça­mento que levou o álbum de estreia a ser edi­tado pela Raging Planet, a par com uma tour em nome pró­prio pelas lojas Fnac de todo o país. A expe­ri­ên­cia de pisar o palco e con­vi­dar novos ouvin­tes a entrar no uni­verso sonoro dos Amarionette, faz as delí­cias desta banda que pre­fere a liber­dade à expo­si­ção comer­cial. Os Amarionette gos­tam de se dei­xar andar nas bocas e ouvi­dos de quem “tro­peça” neles nas redes soci­ais ou num qual­quer con­certo por este país fora. Houve mesmo quem descreve-​​se a sua per­for­mance em palco como “os melho­res três quar­tos de hora” da sua vida.
Mas, afi­nal, o que é que se con­se­gue ver para sem­pre num dia mau? O título do álbum par­tiu de um filme de Woody Allen e ganhou um sig­ni­fi­cado pró­prio com os Amarionette. A banda explica que a vida é um ciclo de repe­ti­ções com as quais esta­mos cons­tan­te­mente a apren­der, por isso, “num dia mau con­se­gui­mos ver o que pode­mos fazer para o resto da nossa vida ser melhor”. O álbum dá uma ajuda.

Texto de Joana Teixeira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Últimas Notícias