luis-buchinho-printemps-ete-2015-a-la-fashion

Happy Hour de Luis Buchinho em Paris

Inspirados nos cocktails, Luís Buchinho serviu uma colecção em tons de sorvete , maioritariamente, azul, verde e framboesa, a que chamou Happy Hour. Apresentada no dia 30 de Setembro na antiga Biblioteca Nacional de França, em Paris, a colecção primavera/verão 2015  joga com o efeito de sobreposições como tem sido habitual. Temos elaboradas camadas de cores, tecidos, texturas,  volumes e até opacidades que combinam para criar um complexo jogo gráfico, onde o corpo da mulher tanto se revela como se esconde.

Nesta colecção as malhas ganharam um maior relevo tornando-se um dos elementos mais inovadores do conjunto.  Buchinho sempre teve presente coordenados em malha que funcionavam como um complemento. Agora, pela primeira vez, as malhas invadiram toda a colecção e grande parte dos coordenados trouxeram apontamentos em malha que foram habilmente aplicados. São especialmente feliz as peças que introduziram decotes e alças em malha onde as texturas e os pontos serviram para conferir mais plasticidade as peças.

Feliz, com a sala cheia e um maior numero de imprensa estrangeira interessada no seu percurso, Luís Buchinho refere a importancia de passar as suas colecções em Paris. Esse facto ao lado do trabalho que se desenvolve no showroom em Paris e uma maior presença em várias feiras tem levado a que o projecto tenha crescido estando hoje presente em 12 países.

Presente desde 2010 no calendário da moda parisiense, Luís Buchinho , salientando o apoio do Portugal Fashion, sem o qual era “inviável” fazer este percurso que inclui a participação em vários showrooms e feiras internacionais.

Com um orçamento de 700 mil euros por semestre, o Portugal Fashion tem apostado nos criadores nacionais como para despertar interesse pelo sector textil português.  Nesta estação, Luís Buchinho e Fátima Lopes foram apresentados na semana da moda de Paris assim como novas promessas como Luis Melo Costa e Daniela Barros passaram na semana da moda de Londres.  Além disso, em Lisboa e no Porto, irão passar em breve,  muitos outros nomes que tanto têm contibuído para uma mudança da imagem da Moda em Portugal, tanto no que se refere ao sector textil como do calçado.

 

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment