sem nome

Os Anjos caídos de Palomo Spain

Nunca o mundo da Factory de Nova Iorque parece ter encaixado tão perfeitamente no universo da Movida Madrilena, como no dia em que a coleção do espanhol, Alejandro Gómez Palomo subiu ao palco de Manhattan no último dia das coleções de Homem da New York Fashion Week. A Cadillac House encheu-se de flores para o desfile de 31 coordenados onde os homens aparecem vestidos com peças, formas e tecidos que pertencem no essencial a história do vestuário feminino. A extravagância de Palomo Spain foi recebida como sendo um dos pontos altos desta edição das coleções masculinas em Nova Iorque, ofuscando, segundo os seus seguidores, o muito esperado desfile de Raf Simons, que também pela primeira vez acontecia em Manhattan. A terceira coleção do espanhol, mergulhou novamente num ambiente andrógeno que procura acabar com as convenções entre vestuário masculino e feminino. A coleção chama-se Objecto Sexual e segundo Alejandro Gómez Palomo, debruça-se muito sobre a sua própria relação com o namorado, um dos modelos que passou uma das suas criações nessa noite. O criador pretende questionar o papel do sexo na construção da individualidade de cada um de nós e como isso se reflete no que gostaríamos de vestir. Refere que a moda é sempre algo que têm ver com o prazer e que espera que esta coleção traga a felicidade que ele partilha com o namorado.

paloma spain

Alejandro Gómez Palom0, é atualmente uma das maiores sensações em Espanha que acompanha com surpresa o impacto que as coleções tem tido mundialmente. Corine Roitfeld foi uma das primeiras a dar a mão ao jovem espanhol de 24 anos, usando várias das suas criações em editoriais de moda que realiza. Segundo uma entrevista ao El País, Alejandro Gómez Palomo revela que era o miúdo que tinha a maior coleção de Barbies da sua aldeia, perto de Córdoba. Sempre adorou moda e criava peças de roupa para as suas bonecas inspiradas nas coleções dos grandes criadores, especialmente nas de Yves Saint Laurent ou mais recentemente, nas ciganas de John Galliano. Para seguir o seu sonho convenceu os pais a deixarem-no ir para Londres onde entrou no departamento de moda da London College of Fashion. Ao mesmo tempo, para se poder manter em Londres trabalhava nos armazéns Liberty na secção de roupa vintage. Para ele as peças maravilhosas que lhe passaram pela mão e o contacto com as necessidades de o público que frequentava o seu departamento foram a sua escola que marca até hoje a sua perceção da moda.

PalomoSpain(8of24)

PalomoSpain(4of24)

nintchdbpict000298848527

nintchdbpict000298849834

nintchdbpict000298847554

nintchdbpict000298847585

www.palomospain.com

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment