img030

Azores Fixed

Nove pérolas plantadas no Atlântico formam um roteiro de montanhas, vales e vulcões adormecidos, cortados por um mapa de estradas e caminhos que fazem as delícias dos amantes de duas rodas. O arquipélago dos Açores é um destino paradisíaco para uns, e para outros um ponto de encontro anual obrigatório –  para os aventureiros, os de espírito livre, os que montados em bicicletas fixed gear se juntam todos os anos para descer e subir paraíso fora, intraváveis, sempre à procura da melhor paisagem ou da lagoa mais bela.

BRUNO SOUSA, natural de São Miguel, organizou em 2013 a primeira edição do Azores Fixed, um evento que, todos os Verões desde então, junta um grupo de amigos e as suas fixie para umas férias a pedalar. O objectivo? Descobrir o património natural destas ilhas e registar esses momentos em fotografia e vídeo. Pedalar por sí­tios bonitos com bicicletas bonitas “ as famosas fixie, meios de transporte-tendência especialmente entre os ciclistas urbanos, são elegantes e estão na moda, sendo customizadas do selim às rodas, e por isso ficam bem na estrada e também na fotografia.

img229

Apesar do nome vistoso, BRUNO SOUSA garante que Azores Fixed não é nada mais que um encontro descontraído entre pessoas que têm duas paixões em comum: os Açores e bicicletas fixed gear. O que resulta destas viagens a pedalar – além daquele cansaço delicioso de quem correu o mundo, mas encontrou o paraíso na terra – são mini-documentários que nos teletransportam para as montanhas dos Açores e imagens que transmitem a liberdade, o companheirismo e o prazer que representam a essência do Azores Fixed.

BRUNO SOUSA reconhece o “espírito punk” destes encontros de Verão: sem horários, sem itinerários, sem regras que não possam ser quebradas a meio caminho. Mas, uma coisa é certa – nenhuma fixie fica para trás.

texto por Joana Teixeira

img066

img355

img056

img555

img030

Francisco Vaz Fernandes
No Comments

Post a Comment